Consciência negra: para pensar sobre a formação histórica brasileira

Notícia
Notícias
sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Jogar Capoeira - ou Danse de la Guerre - de Johann Moritz Rugendas (1835) 

O Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, foi instituído nacionalmente pela lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. A data é uma referência ao dia em que o Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares, foi morto em 1695, na Capitania de Pernambuco, hoje Alagoas.

Para discutir e refletir sobre a escravidão no Brasil e em outros país, a cultura africana e questões raciais, a Editora Unesp oferece 20% de desconto em títulos de seu catálogo que abordam essas temáticas. A promoção é válida até 25 de novembro.  

A paz das senzalas
Autores: Manolo Florentino, José Roberto Góes | Páginas: 211 | De R$ 42 por R$ 33,60

Este esforço de investigação é um capítulo particularmente interessante dos estudos históricos recentes sobre a escravidão, porque contém modulações importantes não apenas no estilo de conceber as relações familiares escravas, mas também de interrogar o passado e reescrever a história. Foi a incorporação de novos tipos de fonte que permitiu conhecer melhor o que, até então, era tido por incompatível com o cativeiro. 

A abolição - 9ª edição 
Autora: Emília Viotti da Costa | Páginas: 144 |  De R$ 42 por R$ 33,60

Em linguagem acessível, inclusive para o público leigo, Emília Viotti da Costa apresenta o complexo cenário político, econômico, social e ideológico que levou à abolição no país, enfatizando que, embora tenha sido uma conquista, a libertação dos escravos foi apenas um primeiro passo em direção à emancipação dos negros no Brasil. 

Em costas negras
Autor: Manolo Florentino | Páginas: 312 | De R$ 60 por R$ 48

A obra é uma grande contribuição para a historiografia brasileira. Resultado de uma vasta pesquisa sobre o tráfico atlântico de escravos, este livro retoma a perspectiva econômica e social para entender os complexos processos históricos. Manolo Florentino propõe uma instigante análise para compreender a migração compulsória que representou uma das bases da formação histórica brasileira. 

Abolição 
Autor: Seymour Drescher | Páginas: 736 | De R$ 115 por R$ 92 

Nesta obra clássica e indispensável sobre o tema da escravidão e dos movimentos abolicionistas dos séculos XVIII e XIX, Seymour Drescher analisa o aparente paradoxo da escravidão em plena era do Iluminismo. Ele confronta os fundamentos políticos e sociais do “princípio de liberdade” da Europa Ocidental com o papel pioneiro e decisivo do continente na globalização tanto da escravidão quanto da abolição da escravatura. 

Gente negra na Paraíba oitocentista
Autora: Solange Pereira Rocha | Páginas: 336 | De R$ 64 por R$ 51,20

Este livro, que recebeu o Prêmio Anpuh-Tese, trata de famílias negras de pessoas escravas e livres na província da Paraíba, trazendo à tona as lutas pela construção de autonomia social e econômica num universo escravista. Enfoca ainda a questão fundiária, mostrando como o fenômeno da apropriação da terra levou a uma conjuntura marcada por enormes propriedades agrárias.  

Confira outros títulos relacionados:

Da senzala à colônia - 5ª edição, de Emília Viotti da Costa (560 páginas, de R$ 80 por R$ 64)

Brasil: história, textos e contextos, de Emília Viotti da Costa (352 páginas, de R$ 64 por R$ 51,20)

Memória em branco e negro, de Teresinha Bernardo (208 páginas, de R$ 40 por R$ 32)

Festa de negro em devoção de branco, de José Ramos Tinhorão (160 páginas, de R$ 34 por R$ 27,20) 

Espiritismo e religiões afro-brasileiras, organizado por: Artur Cesar Isaia e Ivan Aparecido Manoel  (344 páginas, de R$ 60 por R$ 48) 

Desafios contemporâneos da África, organizado por: Carlos Lopes (216 páginas, de R$ 52 por R$ 41,60)

A Revolução Sul-Africana, de Analúcia Danilevicz Pereira (176 páginas, de R$ 29 por R$ 23,20) 

As Revoluções Africanas, de Paulo Fagundes Visentini (192 páginas, de R$ 29 por R$ 23,20) 

Trabalho compulsório e trabalho livre na história do Brasil, de Ida Lewkowicz, Manolo Florentino e Horacio Gutiérrez (144 páginas, de R$ 24 por R$ 19,20) 

O X de Malcolm e a questão racial norte-americana, de Vladimir Miguel Rodrigues | Download gratuito 

Viola crioula, de Fabiana Miraz de Freitas Grecco | Download gratuito   

Assessoria de Imprensa da Fundação Editora da Unesp