Homenagem a Paul Feyerabend

Notícia
Notícias
quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Famoso pela sua visão anarquista da ciência e por sua suposta rejeição da existência de regras metodológicas universais, Paul Feyerabend (Viena, 13 de janeiro de 1924 — Genolier, 11 de fevereiro de 1994)  foi professor de Filosofia na Universidade da Califórnia, em Berkeley, e de Filosofia da Ciência no Federal Institute of Technology, em Zurique. Antes de se dedicar à Filosofia, estudou Física, Matemática, Astronomia, Teatro e produção de óperas.

Em homenagem ao aniversário de Feyerabend, que em 13 de janeiro completaria 94 anos, a Editora Unesp destaca algumas obras do e sobre o filósofo. Os livros estão com 30% de desconto até 18 de janeiro. Confira a seguir: 

Contra o método - 2ª edição
Autor: Paul Feyerabend | Páginas: 376 | De R$ 69 por R$ 48

 Neste texto clássico e polêmico, Feyerabend defende que tanto a ciência quanto culturas, procedimentos e pressupostos não-científicos podem ficar em pé sobre suas próprias pernas sem nenhuma ajuda externa e deveria ser-lhes permitido fazê-lo. Esta edição contém um novo prefácio e mais reflexões sobre diversos aspectos, sendo analisados os mais recentes debates sobre a ciência assim como o impacto dos produtos e práticas científicas sobre a comunidade humana. 

A ciência em uma sociedade livre
Autor: Paul Feyerabend | Páginas: 288 | De R$ 64 por R$ 44

Para Feyerabend, o racionalismo tradicional prevê apenas uma dentre várias formas de se alicerçar o conhecimento e todas elas devem ter os mesmos direitos e acesso igual aos centros de poder. Pensado como resposta às reações desencadeadas por seu polêmico Contra o método, este livro tornou-se um corajoso autorretrato intelectual de um dos grandes nomes da Filosofia da Ciência. 

Adeus à razão
Autor: Paul Feyerabend | Páginas: 400 | De R$ 69 por R$ 48

Feyerabend desafia os grandes dogmas do mundo contemporâneo para defender os benefícios da diversidade e das mudanças culturais diante das certezas uniformes e homogeneizantes da tradicional racionalidade científica. Aproxima ciência e arte e discute desde Xenófanes a Einstein e mecânica quântica, passando por uma análise surpreendente do conflito entre Galileu e a Igreja. 

Por que a linguagem interessa à filosofia?
Autor: Ian Hacking | Páginas: 201 | De R$ 44 por R$ 30

Incluindo capítulos sobre Feyerabend, Hobbes, Berkeley, Chomsky, Russell, Wittgenstein, Ayer e Davidson, entre outros, a investigação de Hacking procura identificar as razões da importância do estudo da linguagem na filosofia. Num estilo notável pela sua clareza e elegância, este pequeno quase-clássico da análise filosófica contemporânea discute os problemas fundamentais da filosofia da linguagem e as mais notáveis tentativas de solucioná-los. 

Assessoria de Imprensa da Fundação Editora da Unesp