Luis Felipe Miguel discute conflito e consenso na democracia contemporânea

Notícia
Notícias
domingo, 16 de julho de 2017

Cientista político vai na direção contrária daqueles que aceitam a ruptura entre realismo e crítica na teoria atual

Quase trinta anos depois que o Muro de Berlim veio abaixo, o mundo parece se afastar das profecias – e desejos – mais otimistas dos analistas, que previam universalizar a democracia e a liberdade. Nesse cenário, é preciso olhar atentamente para os pilares do regime democrático, como as noções de conflito e consenso, temas centrais levantados por Luis Felipe Miguel em Consenso e conflito na democracia contemporânea, lançamento da Editora Unesp. 

“Este livro nasce da inconformidade com a cisão entre realismo e crítica na teoria política contemporânea”, escreve o autor. “É uma visão da política edulcorada, ingênua e, no limite, incompetente para a compreensão do e a intervenção no mundo.” 

Com sete capítulos, a obra de Luis Felipe Miguel inicia a discussão recuperando os conceitos de conflito e de interesse e ressaltando que as desigualdades do “mundo social” influem diretamente na democracia. Nessa toada, ele critica “uma crescente despreocupação com a qualidade democrática das instituições políticas, em particular da representação, mesmo nas franjas que se querem mais progressistas do pensamento teórico”. 

O livro ainda traz reflexões sobre desigualdade e representação, a figura do representante como protetor – aqui se faz uma análise detida sobre cartas escritas para Jânio Quadros e Getúlio Vargas, representantes vivazes dessa corrente –, bem como sobre a oligarquia e a representação no pensamento de autores tão díspares como Robert Michels e Pierre Bourdieu e seus “pessimismos”, além das consequências irreconciliáveis para a democracia de uma sociedade cindida e marcada pela desigualdade material.

Por fim, Miguel aborda e discute possíveis utopias do pós-socialismo, substitutas do sistema capitalista em crise. Com isso, os leitores podem observar um panorama rico e complexo, a partir do qual conseguem enxergar com mais clareza os rumos da teoria política na democracia atual.  

Sobre o autor – Luis Felipe Miguel é professor titular do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília, onde coordena o Grupo de Pesquisa sobre Democracia e Desigualdades (Demodê). Publicou, pela Editora Unesp, Caleidoscópio convexo: mulheres, política e mídia (em coautoria com Flávia Biroli, 2011), Democracia e representação (2014) – premiado pela Anpocs como Melhor Obra Científica em 2015 – e Desigualdades e democracia (como organizador, 2015).

Título: Consenso e conflito na democracia contemporânea
Autor: Luis Felipe Miguel
Número de páginas: 215  
Formato: 14 x 21 cm
Preço: R$ 44,00
ISBN: 978-85-393-0679-4

Assessoria de Imprensa da Editora Unesp