Livro

Diante do extremo

Tzvetan Todorov
R$79,00
Comprar

De todas as instituições do século XX, certamente os campos de concentração estão entre as mais sombrias e assustadoras, justamente por nos revelar uma face da humanidade até então desconhecida ou ao menos ignorada: aquela capaz de organizar racional e institucionalmente o extermínio em massa de seus integrantes. Foi nesses locais de confinamento, tortura e penúria que pudemos observar os limites do homem em situações de terror, tanto dos que o praticam como daqueles que o sofrem. Mas em uma realidade tão drástica e limitadora, haveria espaço para virtudes heroicas, ou ali reinaria apenas o ódio recíproco? Seria então possível refletir sobre a moral das ações de personagens de ambos os lados em um ambiente “desumano” como esse?
Todorov mergulha em vasta literatura memorialista dos sobreviventes de campos de concentração, nazistas e soviéticos, e em depoimentos de agentes desses regimes para nos mostrar que a vida nesses lugares, ao contrário do que é comum que se acredite, não perdeu sua dimensão moral. Nos relatos de que se vale o autor, encontramos entre os detentos as mais variadas demonstrações de companheirismo, fidelidade incondicional e resignação estoica, mas também atos de covardia e traição, obviamente compreensíveis em seu contexto. Da mesma forma, conhecemos mais a fundo o sangue-frio e a truculência dos oficiais do regime, mas algumas vezes somos surpreendidos por exemplos seus de comiseração e empatia que parecem tentar escapar às sólidas barreiras do totalitarismo.

  • Tradução: Nícia Adan Bonatti
  • Assunto: História Geral
  • Ano: 2017
  • Acabamento: Brochura
  • Páginas: 461
  • Edição: 1
  • ISBN: 9788539306817
  • Peso: 555g
  • Formato: 14 X 21

Autores

Veja Também