Livro

Instrução pública e projeto civilizador

O século XVIII como intérprete da ciência, da infância e da escola

Carlota Boto
R$69,00
Comprar

A partir da análise do pensamento de três importantes figuras associadas à razão iluminista – os filósofos Condorcet e Rousseau e o estadista Marquês de Pombal –, Carlota Boto elabora uma análise aprofundada de como o ensino público se tornaria, no século XVIII, o veículo responsável por levar a razão, ou o esclarecimento, às massas. A autora investiga como a concepção iluminista de educação, tal qual formulada por Rousseau, deu origem a projetos de instrução pública distintos, ainda que com o mesmo objetivo: os sistemas de ensino francês e português, formulados, respectivamente, por Condorcet e Pombal.

  • Assuntos: Educação / Filosofia / História do Brasil
  • Ano: 2017
  • Acabamento: Brochura
  • Páginas: 428
  • Edição: 1
  • ISBN: 9788539306879
  • Peso: 520g
  • Formato: 14 X 21

Autores

Veja Também