Livro

Guerras e escritas

A correspondência de Simón Bolívar (1799-1830)

Fabiana de Souza Fredrigo
R$58,00
Comprar

Escrever cartas revela o desejo de registrar acontecimentos, racional e afetivamente, para não esquecê-los, para estabelecer uma memória de si e dos outros. Nesse sentido, Simón Bolívar lidou com sua correspondência de forma dedicada e delicada porque esteve entre seus objetivos oferecer à posteridade um personagem: o homem público irretocável, desprovido de vida privada.
Neste livro, Fabiana de Souza Fredrigo empreende a releitura desse epistolário e propõe múltiplos sentidos narrativos constitutivos do que denomina "memória da indispensabilidade". No interior dessa memória, Fredrigo constata a presença do ressentimento e da solidão de Bolívar, transformados em elementos retóricos que, por sua vez, permitiram à autora demonstrar os limites em compreender a conformação de uma nova cena histórica e o apego ao ideal da liberdade desse ator histórico que venezuelanos e colombianos alcunham el Libertador.

  • Assuntos: Biografia, Diários, Corresp. e Memórias / História Geral
  • Ano: 2010
  • Acabamento: Brochura com orelhas
  • Páginas: 296
  • Edição: 1
  • ISBN: 9788539300402
  • Peso: 362g
  • Formato: 14X21

Autores

Veja Também