Especialistas nos ajudam a entender os Estados Unidos

Notícia
Notícias
segunda-feira, 3 de julho de 2017

Um dos feriados mais importantes nos Estados Unidos é comemorado em 4 de julho, pois marca a Declaração de Independência de 1776, ano em que as Treze Colônias declararam a separação formal do Império Britânico. O Dia da Independência é festejado em todo o país e tem forte influência sobre a cultura americana em geral. É também o Dia Nacional dos Estados Unidos. 

Para compreender melhor as entranhas desse complexo cenário nada melhor do que recorrer a estudos que, em linguagem acessível, nos fornecem informações para entender melhor o mundo atual. E, o melhor de tudo, a Editora Unesp oferece descontos de 20% em títulos sobre o tema até o dia 10 de julho.  Confira a seleção abaixo: 

Os Estados Unidos no desconcerto do mundo
Ensaios de interpretação
Autor: Sebastião Carlos Velasco e Cruz | Páginas: 192 | De R$ 48,00 por R$ 38,40

O autor retrata um panorama das principais alterações promovidas pela política externa desse país na última década. Em seis ensaios, o autor aborda, por exemplo, os novos dilemas da diplomacia norte-americana e os aspectos que indicam a manutenção, por Barack Obama, da mesma orientação estratégica encampada pelo seu antecessor, George W. Bush.  

O direito de voto
A controversa história da democracia nos Estados Unidos
Autor: Alexander Keyssar | Páginas: 624 | De R$ 110 por R$ 88

Partindo de um recorte específico – “a história jurídica e política do sufrágio” nos Estados Unidos –, Alexander Keyssar enseja uma discussão ampla acerca do tortuoso caminho da democracia norte-americana. Nesta edição revisada pelo autor, são tratadas também questões que surgiram após o lançamento da versão original deste livro, em 2000, principalmente no que diz respeito à polêmica eleição presidencial de Bush versus Gore. Fruto de intensa pesquisa, O direito de voto traz elementos para o estudo da história política dos Estados Unidos desde a Independência, reunindo diversos documentos históricos – submetidos à análise provocadora de Keyssar – que dão conta do percurso do sufrágio em uma sociedade constituída em torno da autoimagem de pertencimento a um país livre, justo e democrático. 

O peso do Estado na pátria do mercado
Os Estados Unidos como país em desenvolvimento
Autores: Maitá de Paula e Silva e Reginaldo C. Moraes | Páginas: 96 | De R$ 28 por R$ 22,40

Este livro mostra o papel decisivo do poder público para desenhar o desenvolvimento dos Estados Unidos. A ação dos estados e governos locais promoveu a construção de infraestrutura na primeira metade do século XIX – e o país foi mudando de cara.   

A batalha do livre comércio
A construção de redes transnacionais da sociedade civil na Américas
Autora: Marisa von Bülow | Páginas: 320 | De R$ 54 por 43,20

A obra revela o papel cada dia mais importante das redes transnacionais da sociedade civil nas relações internacionais. Com base em ampla pesquisa de campo que cobre duas décadas de negociações comerciais nas Américas, o livro investiga a criação de vínculos entre atores sociais que nunca haviam colaborado no passado, analisa o surgimento de novos tipos de organizações e explora os seus impactos na arena internacional.  

Poder presidencial e os presidentes modernos
A política de liderança de Roosevelt a Reagan
Autor: Richard E. Neustadt | Páginas: 452 | De R$ 82 por 65,60

Nesta edição revista e ampliada, Richard E. Neustadt, além de tentar caracterizar o poder de um presidente norte-americano moderno, distinguindo claramente entre poderes "formais" atribuídos à presidência pela lei constitucional e legislativa e os costumes, explora a questão do poder que tem o homem que habita a Casa Branca e os problemas enfrentados por ele. Para isso ilustra cada passo importante da análise com relatos de casos de governos recentes, em especial os de Truman e Eisenhower.   

Linhas cruzadas sobre as relações entre os Estados Unidos e a Alemanha
Autor: Sebastião Carlos Velasco e Cruz | Páginas: 116 | De R$ 32 por R$ 25,60

A coletânea trata das relações que há muito vinculam a Alemanha e os Estados Unidos. O autor reflete sobre a peculiaridade das imbricações entre os países, procurando entender os elementos que atuaram no passado e que possam ainda estar agindo para transformar o futuro desse relacionamento. Isso permite uma compreensão mais profunda dos pontos em que essas duas nações se tangenciam e se distanciam no cenário mundial. A obra, amparada em rica e vasta bibliografia, preenche a lacuna de estudos e propõe-se a abrir portas para trabalhos posteriores sobre a relação entre alemães e estadunidenses.

Veja mais títulos relacionados abaixo:

O pensamento neoconservador em política externa nos Estados Unidos, de Carlos Gustavo Poggio Teixeira (112 páginas, de R$ 30 por R$ 24)

Ordem, poder e conflito no século XXI, de Luis Fernando Ayerbe (312 páginas, de R$ 48,00 por R$ 38,40) 

A crise financeira internacional, organizado por Fernando Ferrari Filho e Luiz Fernando De Paula (224 páginas, de R$ 56 por R$ 44,80 ) 

Moeda e crise econômica global, de Luiz Afonso Simoens da Silva (258 páginas, de R$ 62 por R$ 49,60) 

Filosofia americana, de Giovanna Borradori (233 páginas, de R$ 40 por R$ 32)

Assessoria de Imprensa da Fundação Editora da Unesp